RUBI inventou o cortador manual para peças cerâmicas em 1951 e, nos dias de hoje, dispõe da melhor e mais completa gama de ferramentas e acessórios para o corte e colocação de cerâmicas e outros materiais de revestimento e pavimento.

Com o passar do tempo, RUBI tornou-se líder mundial no fabrico de ferramentas para o corte e colocação de cerâmicas, apoiada em grande parte pelo seu desenho e pela inovação aplicados à sua vasta gama de cortadores manuais.

Graças ao trabalho, à colaboração de todos os departamentos da empresa e à grande fidelização dos nossos clientes, repartidos por todo o mundo, somos conhecedores das exigências e particularidades de cada mercado. Por estas razões, desenhamos e fabricamos produtos e ferramentas que se adaptam a cada tipologia de mercado, satisfazendo todas as necessidades do profissional.

A principal vantagem dos cortadores manuais é a sua rapidez de corte. Cortar uma peça cerâmica é uma questão de poucos segundos quando comparado com os cortadores eléctricos.

Entre as vantagens em cortar peças cerâmicas com uma ferramenta manual está sobretudo a limpeza pois podemos fazer uma infinidade de cortes sem sujar nada uma vez que não necessitamos de àgua nem tão pouco fazemos pó. Outra das vantagens em cortar peças cerâmicas com uma ferramenta manual é o facto de não necessitarmos de energia eléctrica. Isto permite que se possa trabalhar em qualquer local da obra sem necessidade de um ponto de corrente eléctrica.

Os cortadores manuais não necessitam de refrigeração por água durante o corte, ao contrário das máquinas eléctricas. Isto dá-nos uma grande autonomia no momento e no local onde de queremos trabalhar. Não há necessidade de torneiras de água e, além disso, não molhamos nem sujamos o ambiente de trabalho.

Um ponto interessante dos cortadores manuais de cerâmicas é o baixo preço dos consumíveis. Os cortantes são ferramentas de baixo custo e de grande duração, com os quais podemos fazer um grande número de cortes de forma simples e económica.

Os cortadores manuais para cerâmica são ferramentas muito seguras pois os elementos cortantes não entram em contacto com o corpo. Por todo este conjunto de razões, podemos dizer que são sempre a primeira opção para o colocador profissional de cerâmica.

                                   

Corte manual